sexta-feira, 19 de agosto de 2011

MIS Promove o "Foto Escambo" Neste Final de Semana em São Paulo

Postado por Amanda Vettori em , | @mundodadinda
O MIS, promove neste final de semana na cidade de São Paulo, um fim de semana dedicado aos amantes da fotografia: o "Foto Escambo".

Fotógrafos amadores e profissionais poderão trocar seus trabalhos de forma anônima. A identidade dos autores será revelada apenas após a realização do evento.

No dias 20 e 21 de agosto, fotógrafos amadores e profissionais irão trocar seus trabalhos de forma anônima no espaço Nicho do MIS. As inscrições, gratuitas, serão feitas no dia do evento.

Previamente, será formado um banco de imagens com doações de profissionais, para compor o acervo inicial. Então, é montado um varal com todas as fotografias, onde serão expostas aleatoriamente e sem identificação do autor (haverá apenas um número no verso). Daí, os visitantes escolhem as fotos que mais lhes agradam e deixam outras de autoria própria no lugar das retiradas.

A identidade dos autores dos trabalhos é revelada somente após o evento, com a publicação da lista no blog do Foto Escambo fotoescambo.com, com os nomes correspondentes aos números colados em cada foto.

O evento acontece no espaço Nicho do MIS nos dias 20 e 21 de agosto. A exposição das fotografias acontece das 12h às 22h no sábado e das 11h às 21h no domingo. Já a troca de imagens ocorre no sábado, das 12h às 19h, e domingo, das 11h às 19h.

O projeto teve início em abril de 2010, primeiro em parceria com o Grupo Baita Profissional, durante o 4° FestFotoPoa. Sob o nome "Varal do Escambo" e de forma independente do festival, os fios foram instalados em frente ao Café do Cofre, no Santander Cultural. A partir de então, adotou-se o nome "Foto Escambo" e o projeto migrou para diferentes eventos por todo o país, como Território da Foto e o Salvador Foto Clube.

Com média de 500 fotos inscritas em festivais e 250 na edição de um dia em São Paulo, o evento estimula o apreço pelo colecionismo, a troca de experiências e a valorização pela imagem, uma vez que uma das características do Escambo é só revelar o autor do trabalho depois da foto ser escolhida.

Quando:
20 e 21 de agosto de 2011,
exposição: sábado das 12hs às 22hs / domingo das 11hs às 21hs 
escambo: sábado das 12hs às 19hs / domingo das 11hs às 19hs
Onde:
Museu da Imagem e do Som - MIS
Avenida Europa, 158, Jardim Europa, São Paulo
Quanto:
Grátis

Saiba +
Maiores informações Foto Escambo - fone 
(11) 2117 4777



Para divulgar um evento, espetáculo ou mostra neste blog, envie o press release para contato [@] mundodadinda.com.

quarta-feira, 17 de agosto de 2011

MIS Expõe Obras de Geraldo de Barros Reinaugurando o Projeto Acervo Vivo

Postado por Amanda Vettori em | @mundodadinda
As técnicas fotográficas do artista Geraldo de Barros, poderão ser conferidas gratuitamente no Museu da Imagem e do Som na cidade de São Paulo, até o dia 30 de outubro.

O MIS, abrie uma nova edição do projeto Acervo Vivo, que busca resgatar a importância de obras de cinema, vídeo e fotografia preservadas pelo museu.



O primeiro artista a ter um recorte de seu trabalho exposto no projeto é Geraldo de Barros - um dos grandes expoentes da fotografia moderna no Brasil.

A visitação acontece entre 16 de agosto e 30 de outubro, no espaço WebMIS, e é gratuita.



A nova edição do Acervo Vivo apresenta peças da coleção MIS que demonstram a diversidade da produção de Geraldo de Barros do final da década de 1940 e início da década de 1950.

A seleção de obras, que ficou a cargo de André Sturm, diretor executivo do MIS, contempla as Fotoformas, passa pelas experiências com desenhos livres sobre negativos, e chega à sobreposição de negativos.

Nas fotografias de Geraldo de Barros, é possível observar diversas técnicas: solarização, desenho sobre negativo com ponta seca e nanquim, manipulação e sobreposição dos fotogramas e recorte, entre outras.



Geraldo de Barros
(Chavantes/SP, 1923 – São Paulo/SP, 1998) 
Foi um dos artistas mais representativos da fotografia moderna no Brasil, além de ter atuado como pintor, gravador, artista gráfico, designer de móveis e desenhista. Foi cofundador do Grupo 15, do Grupo Ruptura e do Grupo Rex, tendo constituído uma produção artística que o vincula ao construtivismo e às vanguardas da fotografia moderna.



A sua produção fotográfica dos anos 1940 e 1950, que girava em torno do Foto Cine Clube Bandeirante (SP), estrutura-se a partir de uma linha experimental que se caracteriza pela abstração e geometrização, rompendo com o mito romântico do pictorialismo e consolidando uma produção de caráter modernista.



Evento:
Acervo Vivo – Gerado de Barros 

Quando:
De 16 de agosto à 30 de agosto de 2011 - Terças a sábados, das 12 às 19h; domingos e feriados, das 11 às 18h. 

Onde:
No Espaço WebMIS. Museu da Imagem e do Som - MIS Avenida Europa, 158, Jardim Europa, São Paulo

Classificação indicativa
:
 livre

Quanto:
Entrada franca

Saiba +
Maiores informações (11) 2117 4777 - www.mis-sp.org.br